Pular para o conteúdo principal

PROGRAMAÇÃO FEMININO PLURAL - ESPAÇO UNIBANCO

FORTALEZA – 15/09 – 22/09
SALVADOR - 22/09 – 29/09
JOÃO PESSOA – 29/09 – 06/10

Sempre às 19h
22/09 – Abertura
“L” - 35mm
Dir. Thaís Fujinaga / SP / 21’ / COR / 35MM / 2011
Teté tem 11 anos e odeia os seus pés. Há algum tempo, desenvolveu o hábito de usar sapatos muito menores. Quando conhece Héctor, um simpático descendente de chineses, ela passa a ver seu complexo sob um novo ângulo.

” O mundo de Raul” - digital
Dir. Jessica Rodriguez Sanchez e Horizoe Garcia / CUBA / 22’ / COR / VÍDEO / 2010

Raúl mora numa cidade pequena. É um trabalhador exemplar, bom filho e bom vizinho. Parece encarnar perfeitamente o modelo de Homem Novo criado pela Revolução Cubana. Mas ele oculta um segredo.

“Museu dos corações partidos” -digital
Dir. Inês Cardoso / SP / 15’ / COR / VÍDEO/ 2010
Todo o rompimento amoroso implica numa sensação de perda da própria consciência de si. O Museu dos Corações Partidos coleta depoimentos anônimos via Skype, como matéria poética para esta cartografia amorosa.

“A Feira – Patrimônio Imaterial
Dir. Fabíola Aquino Coelho / BA / 5’/ DOC / COR/ VÍDEO / 2011
O documentário conta os problemas vividos pelos feirantes na antiga feira de Água de Meninos, na década de 60, e como hoje em 2011 essa realidade se repete para os 3 mil comerciantes da Feira de São Joaquim, maior mercado ao ar livre do Brasil.
23/09 – PGM 3
Dez Elefantes – 35mm
Dir. Eva Randolph
RJ / 14’ / COR / 35MM / 2008
Clara tme 8 anos e mora com a mãe e o irmão no campo. As crianças brincam de pique-esconde. Clara está escondida no galinheiro.

Espalahadas pelo ar -35mm
Dir. Vera Egito
SP/ 15’ / COR / 35MM / 2007
Na escada de serviço de um edifício, meninas fumam escondido. Para eitar que o cheiro as denuncie, tirma as roupas. Desse encontro, pode surgir a liberdade.
Pedra Bruta – 35mm
Dir. Julia Zakia
SP / 8’ / COR / 35MM / 2009
Há lugares em que a arte tem de se tornar uma forma de combater a guerra.

Handebol – 35mm
Dir. Anita Rocha da Silveira
RJ/ 19’ / COR /35MM / 2010
Bia é uma garota como tantas outras: gosta e rock, handebol e sangue.

Carreto – 35mm
Dir. Marília Hughes e Cláudio Marques
BA / 12’ / COR / 35MM / 2009
Tinho presta serviços com seu inseparável carrinho de mão. Um dia, conhece Stephanie. Para retribuir um presente dela, imagina um plano.
Um ramo -35mm
Dir. Juliana Rojas e Marco Dutra
SP / 15’ / COR/ 35MM / 2007
Clarisse descobre uma folha crescendo em seu braço.

24/09 – PGM FALE SEM MEDO – programa inteiro timeline
O filme de Jacco -
Dir. Daan Bakker / Holanda / 17’ / COR / VÍDEO / 2009
E ação! Jacco é diretor, locutor e editor de seus filmes. Se mamãe e papai começarem a discutir de novo, ele rebobina o filme e acrescenta uma nova trilha sonora.

Luchadoras
Dir. Benet Román / México / Espanha / 13’ / COR / 35MM / 2009
Filmado na Cidade do México e no estado de Zacatecas, o filme relata as cirscunstãncias, dificuldades, desafios e preocupações que as mulheres mexicanas enfrentam hoje: pobreza, fome, machismo, migrações, desigualdade social e violênia.

Homem Furioso
Dir. Anita Killi / Noruega / 20’ / COR / 35MM / 2009
Há segredos que não deveriam ser segredos. Quando a mamãe-peixe morre, Boj está farto e encontra força em sua própria fantasia para ir além.
A noivinha
Dir. Leslaw Dobrucki – Polônia / 14’ / COR / VÍDEO / 2010
Uma garota turca é enviada à Alemanha e forçada a se casar aos 13 anos. Logo depois, seu inferno começa. Ela é espancada e abusada de várias formas. Depois de vários anos, ela consegue fugir e se esconde até agora. Só por isso ela é capaz de nos contar a história de sua vida.

Espere por mim
Dir. Daniel Galo / México / 5’ / COR / VÍDEO / 2010
Para enfrentar a dureza da vida, Agustina se vale do amor que compartilha com o neto.

A ordem das coisas
Dir. César Esteban Alenda e José Esteban Alenda / Espanha / 19’ / COR / VÍDEO / 2010
A vida de Julia acontece na banheira. Gota a gota, ela vai reunir coragem para mudar a ordem das coisas.

25/09 – PGM 2

Joyce - 35mm
Dir. Caroline Leone / SP / 14’/COR / 35MM / 2006
Joyce sonha com o amor, a felicidade e em ser dançarina na TV. Ao encontrar o rapaz por quem está apaixonada, decide entregar sua carta de amor.

Teresa – 35mm
Dir. Paula Szutan e Renata Terra Cunha / SP / 18’/COR / 35MM /2009
Teresa vem a São Paulo para realizar o sonho do casamento. Mas é obrigada a mudar de planos quando se vê diante de uma realidade bem menos romântica.

Sexo e Claustro - digital
Dir. Cláudia Priscilla / SP / 13’/ COR / 35MM / 2005
Documentário feito na Cidade do México, sobre uma singular personagem e seus sentimentos a respeito de sexo e religião.

Sistema Interno - digital
Dir. Carolina Durão / SP/ 17’/ COR / VÍDEO / 2007
De vez em quando todos os olhos se voltam pra mim...

Estação - digital
Dir. Marcia Faria / SP / 15’/ COR / VÍDEO / 2010
Inês sonha ser atriz e vai para São Paulo ser figurante de uma novela. Mas, sem lugar para ficar, acaba morando alguns dias no Terminal Rodoviário do Tiête.

Sweet Karolyne - digital
Dir. Ana Bárbara Ramos / PB / 15’/ COR / VÍDEO/ 2009
Nem Elvis nem Jarbas. É tudo uma grande invenção.

26/09 – PGM 1

Olhos de Ressaca – 35mm
Dir. Petra Costa / SP / 20’/ COR / 35MM / 2009
Vera e Gabriel, casados há 60 anos, divagam sobre a própria história e, em seu rememorar, imagens de arquivo familiar se confundem com imagens do presente.

Visita Íntima – 35mm
Dir. Joana Nin / SC / 15’ / COR / 35MM / 2005
Amor em condições especiais: mulheres livres que dedicam a vida a homens presos. Muitas delas conheceram o marido na cadeia.

O menino e o bumba - digital
Dir. Patricia Cornils / SP / 13’/ COR /35MM / 2007
Paulo César é louco por ônibus desde os 9 anos. Essa obsessão determinou os rumos de sua vida.

O nome dele ( O Clóvis) – 35mm
Dir. Felipe Bragança e Marina Meliande /RJ / 15’ / COR / 35MM / 2004
Se conheceram no verão, debaixo de chuva. Um filme de Carnaval e silêncio.

Duelo antes da noite – 35mm
Dir. Alice Furtado / RJ /20’/ COR / 35MM / 2010

27/09 – PGM 4

Rio de Mulheres – 35mm
Dir. Joana Oliveira e Cristina Maure / MG / 20’ / COR / 35MM / 2009
Em um ambiente muito árido, onde a água é escassa, mulheres vivem suas vidas em meio a crianças e outras mulheres.

Menino Aranha - digital
Dir. Mariana Lacerda / SP / 13’ / cor / 35mm / 2008
Menino –aranha: uma real lenda urbanda contada na Recife do final da década de 1990.

Trecho – 35mm
Dir. Clarissa Campolina e Helvécio Marins Jr. / MG / 16’ / COR / 35MM / 2006
Diário de caminhada de Libério de Belo Horizonte a Recife. Lembranças e questionamentos do personagem se mostram transformados pelo passar do tempo, pela paisagem e pela própria experiência do filme.

Se meu pai fosse de pedra - digital
Dir. Maria Camargo /RJ / 19’/ COR / VÍDEO / 2009
O escultor Sergio Camargo morreu há 19 anos. Se os ossos que restaram na sepultura são seus restos mortais, seriam as esculturas seus “restos vitais”? O que é transitório e o que é duradouro? A filha do artista confronta o artista e o homem.

Geral – 35mm
Dir; Anna Azevedo / RJ / 15’ / COR / 35MM / 2010
O palco é a geral do estádio do Maracnã. Em cena, os torcedos conhecidos como geraldinos num espetáculo de êxtase, fúria, alegria e dor.

28/09 – PGM 5

As coisas que moram nas coisas – 35mm
Dir. Bel Bechara e Sandro Serpa / SP / 14’ / COR/35MM / 2006
Enquanto acompanham seus pais, que trabalham como catadores de lixo, tr~es crianças atribuem novos significados aos objetos descartados pela cidade.
Cocais, a cidade reinventada – 35mm
Dir. Inês Cardoso / SP / 15’ / COR / 35MM / 2008A história da cidade que se reinventou através de um filme, ou a história de um filme que foi inventado por uma cidade.

Instantâneos – x??
Dir. Andrea Capella e Peter Lucas / RJ /15’/ 35MM / 2009
O retrato de uma noite do último fotógrafo de bares da Lapa.

Solitário Anônimo - digital
Dir. Debora Diniz / GO /18’/ COR/ VÍDEO / 2007
Um idoso deitado na grama à espera da morte. No bolso, um bilhete anunciava ser de terras distantes. Seu desejo era morrer solitário e anônimo.

Muito Além do Chuveiro - digital
Dir. Poliana Paiva / RJ / 17’ / COR/ VÍDEO / 2008
A febre do karaokê: pessoas soltam os demônios na noite do Rio de Janeiro. Histórias de catarse, alegria e amizade.

29/09 – SESSÃO ENCERRAMENTO

“UMA PRIMAVERA” de Gabriela Amaral Almeira – SP – 15 min.
“CÃO” de Íris Junges – SP 19 min.
“PRAÇA WALT DISNEY” de Sergio Oliveira e Renata Pinheiro – PE – 21 min.
“CORES E BOTAS” – de Juliana Vicente – SP – 15 min.

Comentários

  1. Oi professora,
    suas alunas Lílian Meneses e Adriana Pinto (2º semestre matutino) fomos no dia 29/10, os curtas foram ótimos, principalmente "Cores e Botas".
    Abs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

RECÉM-NASCIDOS NO CINEMA

Sinal dos tempos.
Recentemente fui assistir ao filme de animação Rio, no Shopping Salvador Norte, e me deparei com uma cena absurda: um bebê recém-nascido dentro da sala de exibição. Como se não bastasse o carrinho de pipoca e outras guloseimas dentro da sala e das bandejas repletas de frituras, exalando óleo requentado por todo o espaço, temos agora mais esta.
Durante a projeção do filme, o bebê chorava compulsivamente, forçando os espectadores a pedirem constantemente silêncio. Fico me perguntando o que leva os pais a cometerem tamanha tentantiva infanticida, submetendo o seu próprio filho a uma sala extremamente fria, ensurdecedora e repleta de ácaros e outros microorganismos prontos para atacarem o corpo frágil e indefeso do bebê. Imagino que os pais deveriam zelar pelo bem-estar dos seus filhos, serem responsáveis pela sua saúde e não o inverso. Fico me perguntando ainda o que levaria o empresariado a acobertar tal malefício, em nome de uns míseros “reais”.

Trata-se, a meu ver, de …

VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES NOS FILMES

Uma mulher casada ou solteira é submetida a maus tratos pelo marido ou amante. Esta ideia já serviu de roteiro para vários filmes e a postagem aqui seria longa se analisássemos cada um deles. Alguns destes filmes foram dirigidos por homens, outros por mulheres, mas o importante é que o tema tem sido bastante filmado ao longo dos séculos. O que isso significa?
No dia 08 de março, o mundo se volta às questões da violência contra a mulher, não que em outros dias esta situação não seja acompanhada com intervenção de entidades e de pessoas, mas neste dia formou-se uma rede de ações que dão visibilidade a um problema sério no tecido social. Um problema que adoece a sociedade, transformando os homens em criminosos e as mulheres em cadáver.
A sociedade tem sido a mortalha para muitas mulheres.
Os filmes que tratam da violência contra a mulher são em geral ambientados no espaço domiciliar, com maridos violentos que buscam a todo custo submeter às mulheres a maus tratos físicos e psicológicos. …

As Ladies Marian em duas versões de Robin Hood

Mesmo quando o filme traz um homem na figura central da trama, não deixo de observar como as mulheres são vistas pelos seus roteiristas e diretores.
Uma personagem instigante é Lady Marian que aparece nos filmes como par romântico de Robin Hood. A literatura mostra que nem sempre foi constante a forma de representar esta personagem e isto pode ser perceptível quando tomamos dois filmes recentes sobre o legendário arqueiro. Uma das versões é a de Kevin Reynolds (1991) Robin Hood, o Príncipe dos Ladrões (Robin Hood, Prince of Thieves) que traz  Mary Elizabeth Mastrantonio como a atriz que desempenha o papel de Lady Marion. A sua primeira aparição no filme já mostra um conflito de gênero quando luta com Robin Hood (Kevin Costner) inicialmente com a espada e depois no corpo-a-corpo, quando é vencida. Neste momento, ela está usando uma armadura preta. Com a presença de Robin Hood, Lady Marion vai perdendo este ar mais agressivo e tornando-se dependente da proteção dele. Robin já havia prome…